Carregando...
Jusbrasil - Legislação
12 de dezembro de 2018

Lei 5033/02 | Lei nº 5033 de 28 de fevereiro de 2002

Publicado por Câmara Municipal de São Bernardo do Campo (extraído pelo Jusbrasil) - 16 anos atrás

LEIAM 0 NÃO LEIAM

DENOMINA "GINÁSIO ESPORTIVO UBALDO LAGO" PRÓPRIO MUNICIPAL. Ver tópico (5 documentos)

Projeto de Lei nº 010/2002 - Executivo Municipal MAURÍCIO SOARES DE ALMEIDA, Prefeito do Município de São Bernardo do Campo, faz saber que a Câmara Municipal de São Bernardo do Campo decretou e ele promulga a seguinte lei:

Art. 1º Passa a denominar-se "Ginásio Esportivo Ubaldo Lago" o ginásio de esportes localizado no CREC Deputado Odemir Furlan, próprio municipal codificado como C-6-15, ilustrado na planta A1-1523, situado à Rua Bauru nº 20, neste Município. Ver tópico

Art. 2º Integra a presente lei anexo único contendo a biografia do homenageado. Ver tópico

Art. 3º As despesas decorrentes da aplicação da presente lei correrão por conta das dotações orçamentárias próprias. Ver tópico

Art. 4º Esta lei entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. Ver tópico

São Bernardo do Campo, em 28 de fevereiro de 2002

MAURÍCIO SOARES DE ALMEIDA

Prefeito

CARLOS ROBERTO MACIEL

Secretário de Assuntos Jurídicos

JOSÉ ROBERTO DE MELO

Secretário de Governo

PAULO SÉRGIO GUIDETTI

Secretário de Administração

BENEDITO CARLOS MARAGNO

Secretário de Esportes

MARLENE STANGORLINI

Chefe ANEXO ÚNICO A QUE SE REFERE A LEI Nº 5033/2002

BIOGRAFIA: UBALDO LAGO

Ubaldo Lago nasceu em São Paulo, Capital, no dia 23 de maio de 1921. Filho de Antônio Lago e Carolina Lago, foi casado com Elza Sampaio Lago, já falecida, e, em segundas núpcias, com Luísa Martins Ruiz. São seus filhos: Cleusa, Clematide, Mílton e Cláudio. Faleceu no dia 3 de fevereiro de 2001, aos 79 anos.

Sua carreira esportiva teve início em 1934, na Associação Atlética São Paulo, no Bairro da Moóca, onde morava, aos 13 anos de idade, na equipe de natação do clube. Entretanto, convidado por Armando Palma, passou a integrar, no mesmo ano, as equipes infantil e juvenil de basquetebol. Em 1938 organizou, no bairro, uma equipe mirim, composta pelos irmãos, primos e vizinhos, chegando a ser homenageado pelo jornal "A Gazeta". O pai de Ubaldo, empresário, para proporcionar entretenimento aos seus funcionários, organizou um clube de lazer e, também ali, Ubaldo e seus amigos, montaram uma equipe da mesma modalidade esportiva. Com a projeção do grupo, o Clube Esportivo da Penha ofereceu a oportunidade da equipe participar dos campeonatos da Federação, chegando à conquista do título de campeão paulista. Naquele clube, Ubaldo jogou até 1942. Naquele ano, com a transferência de toda a família para São Bernardo do Campo, Ubaldo logo iniciou um movimento para a construção de uma quadra para a prática do basquete, que contou com a ajuda de amigos que foi, aos poucos, conquistando. Desta forma, foi inaugurada a primeira quadra da modalidade, iluminada, onde hoje está instalado o Ginásio de Esportes do Esporte Clube São Bernardo. Dentre os colaboradores, destacaram-se Luís Cestari, Agnelo Furchinetti, Hygino Baptista de Lima, Salim Tabet e João Batista de Oliveira Lima.

As primeiras equipes foram formadas pela família Lago, a saber: Masculina - os irmãos Ubaldo, Manoel, Flávio, Adhemar, Olavo e Sérgio, os primos Alcides e Roberto e o tio Armando. Equipe Feminina - as irmãs Walkíria, Brunhilda, Edelweis e Marlene, as primas Eglantina, Dalva e Elza e a tia Ignês.

Até 1948 prosseguiram nas competições estaduais, quando, então, participaram, pela primeira vez, dos Jogos Abertos do Interior, realizado em Ribeirão Preto. Em razão de dissidências na diretoria do clube, naquele ano o Departamento de Basquete foi extinto.

No mesmo ano Ubaldo transferiu-se para C. A. Rhodia, onde permaneceu até 1950, ingressando, em seguida, no Esporte Clube Sírio, até 1954. Em 1955, o então presidente do C. M. E. - Conselho Municipal de Esportes, Abib Riskallah, solicitou a sua volta à cidade. Iniciou, então, na quadra do Esporte Clube São Bernardo, uma escolinha de basquete, de onde surgiram excelentes jogadores. Conquistou os títulos de campeão do ABC em 1958 e 1959, bem como o "Troféu Pedro Del`Antonia" em 1959 e 1960, promovidos pela Liga Santoandreense de Basquete. Também nessa época auxiliou na renovação do basquete feminino de São Bernardo do Campo, juntamente com Paulo Cheidde.

Entretanto, mais uma vez, o trabalho foi suspenso no período entre 1960 e 1965. Jayme João Franchini, então presidente da Associação dos Funcionários Públicos de São Bernardo do Campo, em 1965, solicitou a colaboração de Ubaldo, que, então, organizou escolinhas de basquete masculino e feminino. Desse trabalho, São Bernardo do Campo foi campeão paulista, no feminino, das categorias Infantil, Infanto-Juvenil e Juvenil. A maioria das atletas, nessa época, foi campeã brasileira Juvenil e Adulto, incluindo sua filha Cleusa, e algumas chegaram à Seleção Brasileira, sagrando-se campeãs sul-americanas.

De 1972 a 1975, as equipes representativas do basquete de São Bernardo do Campo contavam com atletas oriundas de sua escolinha.

Em 1973 Ubaldo fez parte da comissão organizadora dos Jogos Abertos do Interior, realizados em São Bernardo do Campo.

De 1974 a 1978, por motivos particulares, esteve afastado das atividades esportivas, tendo retornado em 1978, para dirigir a equipe de Veteranos do Esporte Clube São Bernardo nos jogos populares municipais, tendo conseguido o título de vice-campeão do torneio.

Em 1979, sendo associado do Meninos Futebol Clube, de Rudge Ramos, foi convidado para incrementar o basquete dentro da agremiação e organizou a equipe que disputou o primeiro campeonato de basquete realizado pela Liga local, conseguindo o 4º lugar. Nesse mesmo ano, iniciou a luta pela construção de um ginásio poliesportivo para o clube, tendo alcançado esse objetivo graças aos esforços da coletividade e dos poderes municipais constituídos.

Em 1980, em função da escolinha organizada no clube, foram campeões municipais na categoria Mirim, em certame organizado pela Prefeitura.

A partir de 1989, voltou a dirigir equipes masculinas das categorias menores do Meninos Futebol Clube, juntamente com sua filha Cleusa, onde esteve em plena atividade, até o dia de seu falecimento.

DIRIGENTE ESPORTIVO

Em 1º de abril de 1968 iniciou o exercício das funções de Diretor de Esportes do Conselho Municipal de Esportes, convidado por Theobaldo Coppini, então Presidente daquele órgão.

Durante seu trabalho efetuou modificações que permitiram a criação de escolinhas de todas as modalidades esportivas, dando condições para que São Bernardo do Campo tivesse sempre uma representação esportiva, com equipes constituídas por atletas da própria cidade.

Nos Jogos Escolares conseguiu modificar muitas cláusulas do regulamento, oferecendo igualdade de condições aos escolares de participarem, cada qual, em sua categoria de idade, o que proporcionou um número extraordinário de participantes, tendo atingido, naquela época, mais de 3.500 atletas.

Foram realizados durante a sua gestão: o Campeonato Sul-Americano de Atletismo Juvenil; os Campeonatos Brasileiros de Xadrez Adulto, de Judô Juvenil, de Basquete Feminino Infantil e Juvenil, entre outros, de caráter estadual, como de Natação, Tênis de Mesa, Voleibol e Basquete Feminino.

HOMENAGENS, MEDALHAS E

TITULOS COMO DIRIGENTE E TECNICO 1956 - Medalhão de Prata, homenagem do E.C. São Bernardo ao pioneiro do Basquete;

1958 - Cartão de Prata do E.C. São Bernardo pelo Bi-Campeonato do ABC;

1965 - Medalhão Esportista do Ano;

1965 - Cartão de Prata, homenagem do Basquete Feminino;

1966 - Cartão de Prata, homenagem do E. C. São Bernardo, de gratidão pela dedicação e carinho;

1967 - Medalha de Vice-Campeão Juvenil Feminino;

1968 - Troféu de homenagem do Conselho Municipal de Esportes;

1970 - Medalha de Vice-Campeão Juvenil Feminino;

1970 - Medalha de Campeão Infantil Estadual Feminino;

1970 - Medalha de Campeão Brasileiro Feminino Adulto;

1972 - Medalha de Campeão Estadual Juvenil Feminino;

1972 - Troféu "Porta-Voz dos Esportistas do Interior";

1976 - Comenda do Mérito Cívico por serviços prestados a São Bernardo do Campo;

1978 - Troféu de Vice-Campeão do Torneio Popular de Basquete Veterano;

1979 - Cartão de Prata, homenagem ao "Técnico Eterno do Basquete Feminino";

1980 - Medalha de Campeão do Torneio Popular de Basquete Feminino;

1980 - Medalha de Vice-Campeão do Torneio Popular de Basquete Masculino;

1981 - Medalha de Vice-Campeão da Liga de São Bernardo;

1982 - Medalha de Vice-Campeão da Liga de São Bernardo;

1983 - Medalha de Campeão do Torneio de Basquete Masculino Mirim;

1983 - Comenda do Mérito Esportivo de São Bernardo;

1990 - Medalha de Campeão Sul-Americano de Mini-Basquete, realizado na cidade de Rojas, Argentina;

1991 - Medalha de Bronze do Campeonato Paulista de Basquete Masculino Pré-Mirim;

1994 - Medalha de Campeão Sul-Americano de Mini-Basquete, realizado na cidade de Rafaela, Argentina;

1994 - Medalha de Bronze do Torneio Preparação de Basquete Masculino Infantil;

1998 - Medalha de Campeão Sul-Americano de Mini-Basquete, realizado na cidade de Lobos, Argentina.

Amplie seu estudo

×

0 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)